sexta-feira, 15 de junho de 2007

Uma experiência jornalística diferente!


Esta é a capa do jornal experimental CidadeMídia, produzido pelos alunos do 1º curso de Jornalismo de Santarém, turma de 2006 do IESPES (Instituto Esperança de Ensino Superior) e que está sendo lançado hoje para a comunidade acadêmica, em solenidade que deverá contar com a presença de representantes de empresas de comunicação, estudantes de outras instituições de ensino e autoridades convidadas.

Nos dois últimos meses, os 32 estudantes da 1ª turma de Jornalismo trabalharam na elaboração deste jornal que consolida uma nova experiência do fazer jornalístico que teve à frente o coordenador do curso, o jornalista e professor-doutor Manuel José Sena Dutra (foto), e aponta os rumos de uma geração de profissionais que pretende criar novos paradigmas na comunicação local.

Essa turma mescla profissionais com vasta experiência e neófitos, que há um ano e meio interagem nas 15 disciplinas já realizadas em três semestres. O jornal experimental CidadeMídia surgiu como trabalho final da disciplina Jornalismo Impresso II, ministrada pelo próprio Dutra.

Este novo blog é a continuação da experiência do antigo blog da turma - que existe desde agosto de 2006 - e que continuará no ar, podendo ser pesquisado através do
link permanente que será postado em destaque neste novo espaço. Continuaremos a postar aqui, as notícias produzidas pelos acadêmicos do curso e aguardaremos, sempre, os comentários críticos de quem nos lê.

Seja bem-vindo a este novo blog e não deixe de comentar, apresentando críticas e sugestões para que continuemos nosso aprendizado constante e diário. Faça parte, você também, desta CidadeMídia!
A seguir, disponibilizamos os links para você ler os textos do nosso jornal experimental:
Página 02 - Opinião
Páginas 03/08 - Comunicação
Páginas 09/13 - Cultura e Lazer
Páginas 14/15 - Perfil
Páginas 20/22 - Emacipação e História
Página 21- Atualidades
Página 23 - Academia
Página 24 - Cidade

7 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns aos futuros jornalistas de Santarém! E parabéns ao professor Manuel Dutra por preparar uma nova geração de profissionais que, com certeza, seguirão o exemplo do mestre.

Ervilson Inato Jr.

Anônimo disse...

Caríssimo Prof. MDutra e companheiros/as da turma,

Aqui, na distante Jaraguá do Sul, tive contato com o blog do CidadeMídia e me emocionei ao ler a produção de vocês. Em meios a tantas previsões "catastróficas" de fim dos jornais impressos et caterva, o jornal laboratório dos jornalistas do Iespes indica o rumo contrário.

Numa região tão carente de jornalismo de qualidade, vocês abrem, sob a coordenação competente e de rara sensibilidade do Prof. Manuel Dutra, um caminho, rio de possibilidades.

Beijos em todos os corações e que os Deuses (de todos os credos e não-credos) estejam sempre protegendo, iluminando e inspirando o caminho de todos e todas.

Samuca

P.S.: Vou esperar para conferir a edição impressa, que será devidamente "devorada" num alongado café da vida...

(professor Samuel Lima, por e-mail)

Anônimo disse...

Gostei dos textos. Pena que não dá pra visualizar o formato. O jornal vai continuar ou termina nesta edição?

João Alves

Jota Ninos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Fiquei encantada com o jornal do curso! Bem redigido bem editado, pautas inteligentes. É coisa de profissional, mesmo. Os meninos nao estão de brincadeira!
Parabéns!

Socorro Veloso

(professora que estará com a turma em julho, por e-mail, ao professor Dutra)

Anônimo disse...

Comentando o CidadeMídia

Caro professor Manuel Dutra.

Cordiais saudações!

Na sexta, 15/6, tivemos oportunidade de receber um exemplar do CidadeMídia, jornal experimental dos estudantes de jornalismo do IESPES, sob sua responsabilidade. Foi uma leitura agradável, rápida e gostosa.

Não é nossa pretensão assumir a postura de um ombudsman, mas como leitor não poderíamos deixar de tecer alguns comentários sobre a edição, principalmente por conta do seu caráter experimental e pelo fato dela enfatizar a produção textual clara, a facilidade de leitura e na sua capacidade de atrair e agradar o leitor.

Para melhor esclarecer o comentário: fizemos uma rápida análise do texto “Jornalismo online no Oeste do Pará”, diagramado na página 8, de autoria do estudante Jota Ninos.

O exame considerou as regras de facilidade de leitura (compreensibilidade) de Robert Gunning, propaladas pelo professor Mário Erbolato, em “Técnicas de Codificação em Jornalismo”.

A regra é sugerida para que se alcance o objetivo de prender o leitor, tanto quanto possível, em todas as colunas do jornal, da primeira à última página.

A fórmula de Robert Gunning diz que para se alcançar à compreensibilidade deve-se levar em conta o comprimento médio dos períodos. Ele é obtido pela contagem do número de palavras no texto, dividido pelo número de períodos. O texto começa a se tornar difícil quando ultrapassa a média de 20 palavras por período.

Para realizar o exame levamos em consideração as recomendações de Mário Erbolato para a aplicação das fórmulas de leiturabilidade , como por exemplo a não seleção do primeiro nem o último parágrafo.

Chegamos ao seguinte resultado: formado por 576 palavras encaixadas em 19 períodos, o texto de Jota Ninos é considerado de difícil leitura, pois alcança uma média de 30,3 palavras por período.

Esperamos que nosso comentário possa contribuir para a melhora da próxima edição.

Atenciosamente.

Eládio Delfino, Rua Ajuricaba, 222, casa “J”, residencial “Sombra do Salé” - Bairro: Salé, CEP 68.040.380

GAROTINHO JORNALISTA disse...

Gostaria de parabenizá-los pelo jornal que vcs elaboraram com muito empenho, e orientado pelos professores que nessa Instituição lecionam e em especial ao professor Manoel Dutra, que se disponibilizou a nos ajudar e passar um pouco de sua vasta experiência como jornalista...gostaria que pudessemos sempre mantér contato entre ambas faculdades...eu me chamo Alex, acadêmico do curso de Jornalismo pela UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS aqui em Parintins a famosa terra do festival dos bois " GARANTIDO E CAPRICHOSO", tenho muito a aprender com essa profissão, espero que possamos fazer intercâmbio entre ambas Instutições..,gostaria muito que vcs da IESPES...apoiassem essa idéia... muitas felicidades a todos e espero respostas de vcs

atenciosamente....

Alex M. Monteiro
meninoabusado@hotmail.coM